16/02/2018

Pax - Sara Pennypacker


Ano de lançamento: 2016 
ISBN: 9788551000229
Páginas: 288
Editora: Intrinseca
Nota: ★★★★()

Tempos de guerra não destrói apenas civilizações, ela causa a separação de Pax e seu menino, que, por ordem de seu pai, devolve a raposa para natureza e se muda para casa de seu avô em outra cidade. Mas o garoto sente que seu lugar não é naquela cidadezinha sem sua raposa, então Peter, tomado pela culpa e arrependimento, decide ir em busca de seu amigo. 

A história se diverge em duas jornadas, a de Pax - que está sozinho na floresta tentando encontrar o dono e se adaptando a natureza – e Peter, – além de fugir da casa de seu avô, está com medo de acabar se tornando seu pai. Por isso a autora optou intercalar os pontos de vista dos dois nos capítulos. Mesmo sendo escrito em terceira pessoa, a diferença de narrativa entre as duas personagens é bem visível. Isso só prova, mais ainda, que o trabalho de construção da história feito pela Sara Pennypacker é excelente.

Esse pequeno livro aborda bastante sobre as consequências de uma guerra, que são inúmeras atrocidades que ela traz e não só a morte e a intolerância de pessoas, mas também a destruição do meio ambiente e o que ela causa no inconsciente dos soldados participantes dela. Mas a mensagem que me marcou foi a de que devemos dizer adeus paras as coisas que amamos e seguir em frente.

Sobre o trabalho gráfico da Intrínseca, só tenho elogios. A capa dura, a folha de guarda desenhada e a diagramação está impecável e belíssima. As ilustrações de Jon Klassen, que acompanha a história, são lindas e deixa a história ainda mais encantadora.

Pax é um livro infantil para todas as idades, denso, forte e com um roteiro simples que cativa com sua profundidade que se desenvolve entre a amizade de um animal e seu humano.

Siga o Menino Lit e fique ligado

Nenhum comentário:

Postar um comentário