10/08/2014

Garota do lago...


Andando ao redor da nova escola, fico olhando o lago com varias carpas e tartarugas, com um pequeno jardim mal cuidado ao redor. Uma menina chama a minha atenção, ela esta sentada perto do lago, lendo e por cima do livro percebe meu olhar e lança um sorriso.

Volto a andar e sento em uma bela praça com algumas árvores. Olhando o nada e pensando se vou fazer alguma amizade esse ano ou vou ter que acustumar-me com a solidão. Um pouco "difícil", sempre acabo conhecendo  alguém é meio sem querer. Alguém se senta do meu lado. É a menina que estava lendo perto do lago, ela me pergunta a coisa que sempre começa uma amizade:

 – Qual seu nome? –  pergunta com um sorriso no rosto e com brilho nos olhos.

Eu sorrio e respondo com meu nome. Ficamos conversando sobre a nossa antiga escola, livros, música, filmes, sobre tudo. Ela é da mesma turma que eu e nunca tinha percebido. O nome dela é Agatha. O estranho que nós dois somos muito diferentes, mesmo assim nos damos muito bem.

Nossa como a amizade é engraçada, ela acontece quando nós menos esperamos, acho que se eu não tivesse amigos seria muito deprimido, já sou filho único e meus pais não me dão muita atenção, imaginam sozinho sem ninguém para desabafar, se dividir, essas coisas de amigos.

Meu professor me contou uma historia muito triste sobre o seu amigo, ele falou que perdeu o amigo assassinado, fiquei muito abalado pela noticia. Perder um amigo é uma das coisas piores do mundo, faz sentir um aperto no coração, mas perder pessoas que amamos faz parte da vida, gostaria que essa parte fosse arrancada.

 Facebook | Twitter | Google+ | Instagram | Skoob

Nenhum comentário:

Postar um comentário