04/01/2015

Resenha: Deixe a Neve Cair - Maureen Johnson, John Green e Lauren Myracle


Ano de lançamento: 2012 
ISBN: 9788565765046 
Páginas: 236
Editora: Editora Seguinte 
Nota: ★★★★

Oi leitores!
Todo mundo deve ter visto uma resenha de Deixe a Neve Cair no mês passado, por causa do Natal  e a maioria dos blogs literários resolveram fazer. Poderia deixar pra la e fazer de outro livro, mas eu gostei tanto, não queria deixar passar, acho que uma ótima indicação para o inverno e mesmo não gostando de algumas coisasDemorei um pouco para acabar, não queria terminar o primeiro conto, acabei o livro dois dias depois do natal e adorei ler durante a chuva. Os meus natais foram perdendo a graça ao passar dos anos, mas acho  que  esse livro meu dei uma animada, o natal é uma das épocas preferidas de varias pessoas. Por que?

JOHN GREEN, MAUREEN JOHNSON E LAUREN MYRACLE
O livro é composto por três contos, cada um por um escritor diferente e todos tem uma conexão. Pode ser entre os personagens ou os mesmos cenários. Todos personagens tem seus planos natalinos mudados por culpa da grande nevasca, a maior dos cinquenta anos.


O Expresso Jubileu por Maureen Johnson

O conto é narrado pelo ponto de vista de Jubileu Dougal, uma garota adolescente de dezesseis anos. Se preparando para sua véspera de natal e aniversário de um anos de namoro, Julie - como gosta de ser chamada - recebe uma ligação contando que seus pais então presos por um motivo "doido" e a garota é mandada para um trem rumo para a casa de seus avos na Florida. No trem ela conhece um cara chamado Jeb que se senta do seu lado e tem que aturar um bando de lideres de torcidas gritando. O trem acaba ficando atolado na neve por causa da mega nevasca na cidade chamada Gracetown. Ela decidi descer do trem e ir de apê até a Waffle House que estava na frente dos trilhos.

"[...] sentada no boxe com a  porta fechada, soluçando em uma toalha de mão em que estava escrito Deixe a Neve Cair! É, deixe a neve cair. Deixa nevar e nevar e me enterre. Muito engraçado, Vida (pagina 82)
Neste restaurante ela se senta e acaba conhece Stuart, um garoto da mesma idade de Julie, que convida ela para passar o natal em sua casa, fugir da lideres de torcida que tinha decido do trem  e ficando na Waffle House. Os dois vão passar por coisas inesperadas neste natal que mexeram com seus corações.

Como eu adorei esse conto, a escrita da Maureen é tão suave, acho que ela deveria ter feito um livro único desse conto. O único ponto ruim foi quando eu estava começando a ler fique com pê esquerdo com a Jubileu por causa de sua obsessão pelo seu namorado, quando seus pais foram presos, ela nem ligou muito, só em passar o natal com Noah, mas depois que ela tirou ele da cabeça um pouco ela ficou mais agradável e engaçada.




O Milagre da Torcida de Natal por John Green


Tobin e seu amigos JP e Duke(é uma garota) estão assistindo uma maratona dos filmes de James Bond, um amigo da turma deles que trabalhão na Waffle Hause chamam eles para o restaurante que está cheio de lideres de torcida e eles tem que correr porque apenas uma turma pode ficar no restaurante com a animadoras. Eles teriam que enfrentar a neve até a Waffle Hausa, para poderem ser os primeiros e jogar twiter com as lideres de torcida. Ah, o motivo de Duck estar indo pelas as batatas rösti.


Esse foi o menor conto, mas que foi muito devagar. Não gostei muito do conto, a narrativa tava muito chata, teve uma parte que os personagens pareciam retardados, ficavam falando com o carro. Tirando essa parte o conto é legal, o final foi legalzinho.




O Santo Padroeiro dos Porcos por Lauren Myracle



Nesse conto vamos conhecer o casal Addie e Jeb - o mesmo do primeiro conto -  estão passando por uma crise. Addie acaba ficando deprimida, corta o cabelo e pinta de rosa. Depois tem que ouvir as verdades sobre ela, falando que Addie só pensa nela mesma e é egocêntrica. Começa a mega nevasca, que moda a vida de todo mundo no livro,  ela tem que trabalhar na Starbucks, onde combinou se encontrar com Jeb, mas também é o lugar onde sua vida vai mudar.

Para mostrar que ela mudou e não pensa mais nela. Vai ter que correr atrás de um pequeno porquinho chamado Gabriel, que vai ensinar grandes coisas para sua vida. O legal que a personagem começa a ver seus erros e ela muda totalmente.


Vou falar a verdade, eu me perdi muito nesse livro, tinha que reler duas vezes algumas partes, mas eu gostei da historia e não gostei muito da personagem no começo - mesma coisa que aconteceu com a Jubileu - ela tava muito irritante. 


Acho que esse conto concluiu bem o livro, fiquei triste por ter terminado, queria saber mais o que aconteceu com os personagens, mesmo não gostando em alguns aspectos, eu me apeguei. É engraçado a conexão entre os personagens, uma coisa leva a outra, é como a vida. Imagina você e mais três pessoas que você nunca conheceu na vida, essas pessoas tem caminhos diferentes que a sua, mas no final vocês três acabam se conhecendo sem querer. Isso mexeu muito a minha cabeça.


Espero que tenha gostado. Se você saber algum livro que se passa no natal, me conta nos comentários. Até o próximo post...



Siga o Menino Lit e fique ligado

2 comentários:

  1. Ooi, Art!

    Minha professora me emprestou esse livro e eu simplesmente a-m-e-i ♥
    Ri muito com os contos haha
    Ótima resenha!

    Beijos,
    Tia War
    http://voceetaolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir